Kakegurui Twin – impressões do piloto

Por ser um anime até pensamos ser leve, o que no caso não ocorre

Kakegurui Twin tem seis episódios entre 25 a 28 minutos, é uma série estranha e já vou contar porquê.

Adaptada de um mangá, antecede os acontecimentos da série principal em 1 ano.

Neste piloto temos um início fofinho, com cenas meigas e uma personagem bonitinha narrando – bem naquele estilo típico de mangá japonês, mas para por aí. É em um colégio de elite que tudo acontece: jogos de azar são o que movem o status social dos estudantes, cujas habilidades em jogatina permitem que sejam os maiorais ou os inferiores. 

Os ditos inferiores são considerados animais e no piloto já temos uma jovem sendo mantida em uma coleira. O que sua “chefe” diz e faz contém gatilhos – e aí que tudo fica mais estranho, uma vez que por ser um anime até pensamos ser leve, o que no caso não ocorre, mas pelos minutos iniciais tive a tendência a achar que seria.

Com a chegada de Mary, logo percebemos que ela quer “subir na vida” perante ao colégio, que apesar de um mundinho restrito, deixa claro o quão vicioso se tornou esse hábito pelo poder.

Quanto à continuação da produção, não se sabe nem se e quando a segunda temporada vai rolar.

Disponível em netflix

Você sabia dessa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.