I Wanna Dance With Somebody – A História de Whitney Houston 

Nesta biografia, acompanhamos a carreira de Whitney do começo ao fim

Gosto muito das músicas de Whitney Houston, sempre achei ela uma cantora icônica, mas foi em I Wanna Dance With Somebody que aprendi sobre sua história, sexualidade, problemas familiares e personalidade, algo que recomendo para todo jovem que- assim como eu- não tem/tinha noção da importância dessa mulher.

Nesta biografia, acompanhamos a carreira de Whitney do começo ao fim, com um foco especial no surgimento de seus grandes hits. O longa mostra  da jovem que cantava em um coro até à carreira mundial como uma das artistas mais vendidas e premiadas de todos os tempos.

Ao se focar mais na parte artística de Whitney, mostrando sua seletividade na hora de escolher músicas, a frequência vocal e o talento nato que sempre teve, acredito que o filme acerta muito! Principalmente ao nos apresentar o processo de gravação e sucesso de canções como I Wanna Dance With Somebody, I Will Always Love You e, minha preferida, It’s Not Right But It’s Okay.

Em contrapartida, sinto que sua vida pessoal acaba muitas vezes ficando de lado, com passagens de tempo tão rápidas que nos fazem ficar perdidos sobre como andam as relações de Whitney, como a personagem está se sentindo e quais são suas motivações, isso acaba atrapalhando um pouco a imersão, além de deixar o filme menos dinâmico, um tanto lento.

Mesmo com isso, algo que não se pode negar é o talento e carisma de Naomi Ackie, uma Whitney magnética, bela, carismática e cheia de personalidade, ótima de se acompanhar e admirar. Eu não me surpreenderia se a atriz fosse indicada para alguns prêmios que prestigiam o cinema.

I Wanna Dance With Somebody – A História de Whitney Houston pode e merece ser assistido nos cinemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *