Não Se Preocupe, Querida tem uma premissa boa e uma execução mediana

Florence Pugh é o grande destaque do filme

Assim que soube do elenco e da premissa de Não Se Preocupe, Querida quis muito assistir ao filme, algo que começou a mudar quando começaram a sair as primeiras opiniões sobre obra, que hoje, acho muito justificadas. Apesar de tudo o que eu disse, o que manteve esse longa na minha lista para assistir foram todas as suas polêmicas, que definitivamente contribuíram para a execução ruim apresentada aqui.

No filme, Alice é uma mulher que vive tranquilamente com o seu marido e os sócios dele, também acompanhados de suas esposas, em um condomínio de luxo e isolado, no estilo dos anos 50. A vida da nossa protagonista consiste em dançar, cozinhar, limpar a casa e sediar festas noturnas com todos que moram no local, o que aos poucos, começa a parecer estranho.

Ao começar a questionar seu entorno, a vida “perfeita” de esposa e o amor pelo marido começam a cair em ruínas à medida que os segredos da empresa do Projeto Vitória e da realidade de Alice começam a ser desvendados. Enfrentando o famoso gaslighting e uma corporação extremamente perigosa, cabe a Alice encontrar uma saída.

Se tem uma coisa boa em Não Se Preocupe, Querida é a atuação de Florence Pugh, que está impecável em todas as suas cenas, especialmente nos momentos de quebra de realidade pelos quais Alice passa. A cena do selofane e do carro, quando se prepara para fugir com Jack, são excelentes, mostram todo o potencial da atriz.

Também tenho que citar positivamente a fotografia deste filme, que está simplesmente linda e brinca com as ambientações e a estética de uma forma muito interessante, porém, os elogios param por aí. Agora, falando do que não gostei, sinto que Harry não tem carisma algum nesse filme, falta presença nele, algo que sei que em outras áreas ele possui.

Para contribuir, o desfecho dessa história não se ajuda: temos incongruências na narrativa, atitudes que não combinam com os personagens e resoluções jogadas. Parece que eles decidiram gravar o filme sem um roteiro, com base apenas na sinopse e, digo isso, porque o que mais falta aqui é profundidade.

Não Se Preocupe, Querida está disponível na HBO Max.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *