O episódio especial de Sandman é um sonho para os fãs da obra

A série está disponível na Netflix e, agora, conta com 11 episódios

Quando eu estava lendo as HQs de Sandman, algumas narrativas se tornaram muito marcantes para mim: o romance entre Sandman e Nada, a Morte visitando as pessoas, Dee na lanchonete e uma certa história sobre a perspectiva de gatos tentando recobrar seu local de direito, uma que nunca imaginei que estaria na série, mas foi lançada de surpresa pela Netflix na última sexta-feira.

Em seu décimo primeiro episódio, a série de Sandman conta duas narrativas pouco focadas no perpétuo dos sonhos e, talvez por isso, ainda mais intrigantes de se acompanhar. A primeira, Um Sonho de Mil Gatos, é apresentada em animação e enche os olhos dos espectadores com gatos muito bem feitos e um enredo magistral.

Colocando uma cereja neste bolo reflexivo e intrigante, temos como dubladores da história Sandra Oh, James McAvoy, David Tennant, Georgia Tennant, Michael Sheen, Nonso Anozie, Joe Lycett, Diane Morgan e o criador da obra, Neil Gaiman.

Já a segunda parte do episódio, que para mim também se mostrou uma grande supresa, foi de Calíope, um antigo amor de Sandman que se vê aprisionada para servir como musa inspiradora para escritores ambiciosos e de índole bem questionável.

Um pouco mais sombria que a primeira, aqui entendemos um pouco mais do passado de Morpheus, que já teve um filho e o perdeu. Neste sentido, o episódio nos mostra através dos olhos de Calíope como nosso protagonista evoluiu e, como também é capaz de amar e construir relações.

Espero de coração que outras pequenas histórias das HQs sejam adaptadas desta forma, talvez mostrando mais dos perpétuos ou do passado de Sandman.

A série está disponível na Netflix e, agora, conta com 11 episódios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.