Como America Chavez vai balançar as estruturas da Marvel!

America é uma personagem divertida e representativa

Conhecida por sua personalidade forte, as participações icônicas nas HQs dos Jovens Vingadores e a recente inserção no MCU, America Chavez está sendo apresentada aos poucos para o público, e ao meu ver, deve balançar as estruturas da Marvel.


Mas quais são os motivos para isso?


Para começar, a primeira personagem lésbica e latina a entrar para o universo cinematográfico da Marvel, já em papel de destaque, configura muita representatividade para as telas. Com o provável sucesso, a aparição de America possibilita que outros personagens LGBTQIA+ sejam inseridos nos filmes, assim como heróis de outras nacionalidades, deixando explícita a pluralidade que existe em nosso mundo.


Nas histórias em quadrinhos, Chavez é muito bem resolvida com sua orientação sexual, compartilhando suas vivências e a bela visão que existia em seu planeta, de que o amor é válido e deve ser encorajado. Inclusive, ela já levantou suspeitas sobre um crush em Kate Bishop, e quem não tem né?


Para além disso, a personagem é dotada de poderes extremamente úteis para as novas histórias do cinema. Isso porque, cria instantaneamente portais interdimensionais, sendo capaz de viajar pelo multiverso sem nenhum esforço, ou seja, quem está ao seu lado possui acesso ilimitado para todos os tipos de realidade, uma vantagem para heróis e vilões.


Chavez ainda tem invulnerabilidade, força, voa e tem velocidade sobre-humana, poderes extremamente úteis nas lutas contra vilões humanos, espaciais e sobrenaturais, o que faz com que possa transitar entre os três arcos que estão sendo construídos para a fase 4 do MCU.


Minhas apostas são grandes nesta personagem, que depois de conquistar muito carinho nos impressos, promete trazer diversão e histórias novas para as outras mídias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.