Gracinha mostra os diversos talentos de Manu Gavassi

A criação de mundo e os personagens de Manu Gavassi fascinam

Faz tempo que Gracinha estava na minha lista de próximos assistidos e, apesar da demora para conferir o projeto, eu sempre imaginei que seria esplendoroso. Isso é claro, tem relação com o fato de eu já conhecer algumas obras da Manu e apesar de não consumir suas músicas, ter em mente os seus múltiplos talentos.

Acho que o mais admirável na artista são suas ideias, principalmente a criatividade que exala no visual deste álbum, assim como no roteiro e através das letras das músicas. Por tudo isso, é válido ressaltar que Gracinha tem direção criativa e roteiro de Manu Gavassi, além da co-direção dividida entre ela e Gabriel Dietrich.

A obra passeia pelas músicas mostrando de maneira lúdica essa persona que começa insegura pelas imposições sociais e termina liberta, simplesmente cansada de se levar a sério. Não sei como as pessoas reagiram a esta personagem, mas eu definitivamente me identifiquei com Gracinha, com suas questões.

É incrível como em apenas 40 minutos conseguimos ver uma grande evolução dela, com uma trajetória que termina de forma redondinha, extremamente satisfatória. Espero chegar onde Gracinha chegou, que algum dia todos nós possamos ser mais verdadeiros.

Outra informação importante e que conta muito na hora de dar o play, é o grande elenco deste álbum visual, que tem também João Côrtes, Paulo Miklos, Ícaro Silva, Fábio Porchat, Titi Ewbank Gagliasso, Amaro João de Freitas Neto, Samuel De Saboia e João Mandarin.

Aos que se interessaram, Gracinha está disponível no Disney+. E para finalizar este texto, eu pergunto: Pode ser chamado de vilão quem machuca a si próprio? 

One thought on “Gracinha mostra os diversos talentos de Manu Gavassi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.