Adaptações Joça – Dragon Ball Evolution

Obra foi descrita por muitos críticos como um tutorial de como se desperdiçar uma boa história

A importância de “Dragon Ball” para a história dos animes e mangás é algo indiscutível. A obra de Akira Toriyama marcou o coração de toda uma geração e é uma das principais responsáveis por popularizar o gênero por aqui. Tanto sucesso acabou chamando a atenção do produtor Stephen Chow, que em 2009 decidiu adaptar o universo criado por Toriyama para os cinemas. O que acabou se tornando, assim como foi descrito por diversos sites especializados, em um verdadeiro tutorial de como se desperdiçar uma boa história.

“Dragon Ball Evolution” é um filme que se tornou o desastre que é por uma série de razões: seus efeitos especiais ruins, a atuação capenga de seu elenco, sobretudo do Justin Chatwin, responsável por dar vida ao icônico personagem Goku e um dos principais fatores, a falta de fidelidade para com a obra de Toriyama. Se nos animes e mangás o Goku é um personagem extremamente onipotente, em “Dragon Ball Evolution” ele se transforma em um completo inútil! A obra original nos mostra um Goku que voa, se teletransporta e tem uma nuvem voadora. No filme de Stephen Chow, vemos um personagem que sofre bullying, vai para a escola de bicicleta (sendo que nos animes e mangás o que ele mais faz é voar) e não consegue superar os mais simples obstáculos.

Outro ponto que faz com que “Dragon Ball Evolution” seja mais uma adaptação joça é a escolha de seu elenco que em sua grande maioria é de um nítido amadorismo na atuação, além de não serem fisicamente parecidos com os queridos personagens criados por Akira Toriyama, um fator importante para que um filme como esse dê certo. O Mestre Kame (Chow Yun-fat) não é careca, não usa óculos nem tem tartaruga, o Piccolo (James Marsters) parece mais o Duende Verde do Homem-Aranha que o Piccolo que vemos nos animes e mangás e o Yamcha (Joon Park)… Bem, deixa para lá!

Dragon Ball Evolution
Seria este um rascunho de Skrull?

E o que dizer da transformação do Goku em Oozaru que ocorre no final do filme? Um dos momentos mais épicos da série original, que consiste na transformação dos Saiyajins em poderosos macacos gigantes após olharem para a lua cheia, aqui parece mais a transformação do Michael Jackson em Lobisomem no videoclipe de “Thriller”. Talvez a produção não tivesse grana o suficiente para produzir um macaco e se viraram como puderam. Mas passou longe de ser o mínimo aceitável!

No final do filme, a quarta parede se quebra e vemos um gancho para um segundo filme, que por razões óbvias não aconteceu. Por incrível que pareça, “Dragon Ball Evolution” está disponível no catálogo do streaming Star Plus. Então se você é fã do Dragon Ball original e quer morrer de desgosto, é só ir lá dar o play!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.