Eu sou Groot capricha na estética e na criatividade 

Em cada episódio, Groot redescobre o mundo sob a ótica de um bebê

A segunda melhor do produção feita pela Marvel no Disney+ tem nome e é Eu sou Groot! Uma série de curtas animados que mostram Baby Groot enquanto ele cresce na galáxia, participando de aventuras com personagens novos e incomuns que o colocam em apuros.

Em apenas cinco episódios, que tem no máximo cinco minutos, somos lembrados constantemente do motivo da popularidade deste personagem, que além de ser engraçado, carrega uma ingenuidade hipnotizante que se manifesta em todas as suas idades, bem daqule jeito que o Rocket Racoon fala “é impossível ficar bravo com ele”.

Para complementar isso, vemos o quão rico é o universo Marvel, que depois desta mostra, poderia ter muitas outras animações focadas nos planetas estranhos e muito bonitos imaginados por seus escritores. E é essa beleza que rouba a cena na maioria dos episódios, pois é única e muito diferente de tudo o que já vimos.

O cuidado estético e musical contido em Guardiões da Galáxia também está expresso aqui, mas o melhor é que nesta obra ele não apresenta grandes pretensões, apenas existe. E para finalizar, deixo aqui a ordem da minha preferência pelos curtas, do que eu mais gostei para o que eu gostei menos: 2, 5, 4, 3,1.

Eu Sou Groot está disponível no Disney+.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.